quarta-feira, 22 de julho de 2015

NASA tem um grande e importante anúncio a fazer nesta quinta feira


NASA está se programando para anunciar uma grande descoberta feita pelo telescópio espacial Kepler amanhã (23 de Julho) ao meio-dia EDT (1 hora da tarde, no Brasil), e você pode assistir ao vivo abaixo.

Hoje nós sabemos que a Terra é apenas uma das centenas de biliões de planetas na nossa galáxia que é uma das centenas de biliões de galáxias.

Mas mesmo que esse conhecimento possa parecer banal, é bastante incrível para lembrar que o primeiro planeta fora do Sistema Solar não foi descoberto até 1992 - e, além de tudo, apenas por acidente .

Desde então, graças a uma série de telescópios, temos uma maior compreensão de alguns dos exoplanetas encontrados em outras partes do universo - a partir fascinantes Jupiterianos quentes que orbitam as suas estrelas e de planetas do tamanho da Terra em zonas habitáveis ​​de anãs vermelhas - mas ainda não conseguimos encontrar uma verdadeira Terra 2.0, ou seja, um mundo do tamanho da Terra em torno de uma estrela semelhante ao Sol.

"Hoje em dia, com milhares de descobertas, os astrónomos estão à beira de encontrar algo que as pessoas têm sonhado por milhares de anos - "Outra Terra", brincou a NASA em um comunicado. A transmissão ao vivo abaixo irá revelar a descoberta amanhã em uma colectiva de imprensa a partir de 1 hora da tarde (horário de Brasília) 

Broadcast live streaming video on Ustream

Nenhum caçador de planetas tem sido mais bem sucedido do que o telescópio espacial Kepler, da NASA, que tem sido responsável por encontrar a grande maioria de todos os planetas. Hoje com mais de 1000 exoplanetas confirmados e outros milhares a confirmar. 

Lançada em 2009, a missão principal da Kepler durou mais de três anos, durante os quais ele monitorizam mais de 145.000 estrelas de sequência principal com um fotómetro. Ao detectar quedas no brilho de planetas em órbita que passavam em frente das estrelas - conhecido como o método de trânsito - o telescópio tem sido capaz de encontrar um grande número de mundos.

Depois de perder o uso de duas de suas quatro rodas de reacção, em 2013 - instrumento ele usa para detectar o ângulo para estrelas distantes - a NASA surgiu com um novo método para continuar as operações usando os fotões da luz solar como uma terceira roda de reacção improvisada. Usando este método, Kepler está agora no meio de sua segunda missão, baptizada K2 "Second Light".

Assim, ficamos na sintonia amanhã para a notícia de sua mais recente descoberta à medida que continuamos a revelar o nosso lugar neste universo cada vez mais rico.

IFL Science

Ler mais AQUI

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...