quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Identificadas algumas das galáxias mais antigas do Universo 'perto' da Via Láctea


Astrónomos identificaram algumas das galáxias mais antigas do universo a orbitarem a Via Láctea, revela um estudo hoje divulgado.

Segundo os autores da investigação, publicada na revista científica Astrophysical Journal, as galáxias anãs Segue-1, Bootes I, Tucana II e Ursa Maior I, descobertas entre 2005 e 2015, terão mais de 13 mil milhões de anos. O universo tem uma idade calculada em 13,8 mil milhões de anos.

A equipa de astrónomos estimou o tempo de formação destas galáxias-satélite da Via Láctea a partir de um modelo de formação de galáxias desenvolvido anteriormente, refere em comunicado a universidade britânica de Durham, que participou no estudo.

Um dos investigadores e diretor do Instituto para a Cosmologia Computacional da Universidade Durham, Carlos Frenk, compara os dados descritos à "descoberta da origem dos primeiros humanos que habitaram a Terra".

A formação das primeiras galáxias levou ao fim do período das trevas do Universo, que durou cerca de cem milhões de anos.

De acordo com o estudo, foram identificadas duas populações de galáxias-satélite da Via Láctea: uma que nasceu durante a fase cósmica da escuridão e outra ligeiramente mais brilhante que se formou centenas de milhões de anos depois.

Fonte: SAPO24

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...