sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Investigador da UMinho desenvolve composto capaz de matar células cancerigenas


O investigador da UMinho, Ricardo Pires, comanda uma investigação responsável pela criação de um composto capaz de neutralizar células cancerígenas criando uma cápsula de fibras que envolve o tumor e provoca a sua morte celular.

Segundo o programa 90 Segundos de Ciência, da Antena 1, Ricardo Pires, do grupo 3B’s – Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos da Universidade do Minho (UM), tem criado métodos para a distinção das células cancerígenas das células saudáveis utilizando enzimas e proteínas para reduzir os avanços da doença.

O composto criado é capaz de se auto-organizar em estruturas pré-programadas e será este avanço que permitirá ao investigador neutralizar as células malignas.

O investigador afirma que “ao haver esta conversão é formada uma rede à volta da célula que encapsula a célula nessa rede e inibe a troca de nutrientes promovendo a morte celular auto-regulada. Isto é, a própria célula cancerígena inicia processos internos para se suicidar. Nesta altura estamos a ultimar as partes dos testes in vivo em animais e a seguir iremos fazer testes de eficácia do composto a longo termo, utilizando tempos mais longos, para ver se há algum retrocesso no cancro ou não”, conclui.

Os testes efetuados até agora utilizam com modelos de osteossarcoma, um cancro que afeta os ossos.

Fonte: O Minho

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...