quarta-feira, 13 de maio de 2020

Asteroide 'potencialmente perigoso' cruzará órbita da Terra


O corpo celeste não é particularmente grande, mas está dentro do limiar do tamanho de asteroides perigosos. O asteroide fará sua aproximação à Terra na próxima semana.

Várias rochas espaciais devem se cruzar com a Terra este mês, mas a maior, e potencialmente a mais perigosa, é o asteroide BQ 1997 da classe Apollo, pois os pesquisadores acreditam que qualquer objecto espacial de quase um quilómetro de diâmetro pode ter consequências devastadoras para o nosso planeta.

A NASA revelou que o asteroide BQ 1997, também conhecido como 136795, irá fazer "forte aproximação" da Terra às 17h45 (hora de Brasília) em 21 de maio, voando a uma velocidade de cerca de 11,6 quilómetros por segundo, indica a agência espacial norte-americana.

A rocha espacial foi observada pela primeira vez em janeiro de 1997, e mede entre 0,668 e 1,493 quilómetros de diâmetro, a julgar pelo seu brilho, nota o portal Space Reference.

O asteroide é considerado "potencialmente perigoso" pela NASA, pois pertence à categoria Apollo de rochas espaciais, cuja trajectória atravessa a órbita do nosso planeta. Mas pode ser muito cedo para soar um alarme, pois o BQ 1997 só se aproximará da Terra até cerca de 6,16 milhões de quilómetros.

No entanto, o Centro de Estudos de Objectos Próximos à Terra (CNEOS, na sigla em inglês) da NASA está monitorizando de perto o objecto, que é considerado maior que 97% dos outros asteroides espaciais em observação.

Quaisquer rochas que estejam próximas de ter um quilómetro de diâmetro podem ser potencialmente perigosas para nosso planeta, revelou em 2018 a Estratégia e Plano de Acção Nacional de Prontidão para Objectos Próximos da Terra.

Entre os possíveis efeitos, poderia criar um impacto regional significativo, com efeitos secundários como tsunamis, sem mesmo fazer contacto com a Terra.

Fonte: Sputnik News

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...