segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Tecnologia portuguesa “adjudica” internet de banda larga em alto mar


A tecnologia permite obter ligações de baixo custo entre mar e terra, podendo ajudar as operações de salvamento ou apoiar os pescadores.

O projeto MareCom foi liderado pela Wavecom e teve a participação do INESC TEC, o Centro de Investigação Naval da Marinha portuguesa e a Ubiwhere. Depois de um período de 30 meses em desenvolvimento, a tecnologia foi testada com sucesso na Base Naval de Lisboa pela Marinha. Trata-se de um sistema de comunicação sem fios e de banda larga que promete oferecer serviços, a baixo custo, aos navios em pleno alto-mar.

O MareCom foi financiado pelo Compete 2020, cobrindo o investimento feito pelas entidades envolvidas, num valor estimado de cerca de um milhão de euros, contando ainda com apoio comunitário de 651.423 euros.

No comunicado foi dado exemplos do uso da tecnologia, desde operações de buscas e salvamentos no mar, permitindo o contacto permanente com as equipas de terra através de aplicações multimédia. O sistema pode ainda ser utilizado no setor das pescas, eólicas offshore e plataformas petrolíferas. A empresa refere que já existem conversações com os mercados da Índia e Cabo Verde para explorar a tecnologia.

A solução tecnológica desenvolvida poderá ser uma alternativa às comunicações via satélite e o VHF utilizados atualmente, servindo as comunidades que operam em ambiente marítimo, aumentando a sua inclusão digital com novos serviços e aplicações, melhorando o bem-estar a bordo, para além da eficiência operacional prevista.

Segundo é explicado no comunicado, a tecnologia consiste numa caixa de comunicações a ser instalada em embarcações e estações de comunicações costeiras, alimentadas pelas antenas adequadas. Durante os testes do protótipo foram alcançados débitos binários superiores a 10 Mbits/s, o que corresponde a valores acima das comunicações por satélite e sem a respetiva latência associada, explicou Rui Campos, coordenador da área de redes sem fios da INESC TEC. No teste foi realizada uma vídeo conferência entre uma embarcação da Marinha no Estuário do Tejo com a base em terra, demonstrando ainda uma aplicação de vídeo streaming HD em tempo real. Espera-se no cenário operacional um desempenho com alcance até dezenas de milhas de costa, quando satisfeitos os requisitos das respetivas antenas.

Fonte: SAPOTEK

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...