quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Asteróide explode na Terra depois de viajar de além de Marte


Os restos despedaçados de um asteróide agora jazem no chão de um dos Grandes Lagos da América do Norte, depois de viajar de além de Marte para cair na Terra sob uma chama de fogo.

Numerosas testemunhas oculares relataram ter visto a rajada de bolas de fogo cruzar o céu na noite de terça-feira e especialistas calculam que ele viajou quase meio bilião de quilómetros antes de descansar em sua cova aquosa no fundo do lago Huron.

O cientista de meteoros Peter Brown relatou que a trajectória do voo da rocha espacial revela que ela viajou do cinturão de asteróides além de Marte antes de atingir nosso planeta.

O astrónomo da Universidade do Oeste de Ontário compartilhou imagens do observatório no Twitter, que captaram o visitante espacial iluminando o céu nocturno.
Até fragmentos minúsculos de meteoros queimam intensamente quando entram na atmosfera da Terra. Brown estima que a bola de fogo de terça-feira foi inicialmente um pedaço muito maior de estilhaços espaciais, que ele estimou ser do tamanho de uma bola de softball.

A American Meteor Society registou pelo menos 20 avistamentos do asteróide de vários locais na costa leste da América do Norte.

Não houve relatos de pessoas ou propriedades tenham sofrido danos como resultado do ataque de asteróides. No entanto, as rochas espaciais podem causar estragos quando se chocam contra o nosso planeta. O meteoro de Chelyabinsk, que também caiu num lago, deixou mais de 100 pessoas hospitalizadas e danificou mais de 7000 edifícios quando atingiu a Rússia em 2013.

As Nações Unidas temem que a possibilidade de um asteróide atingir uma área densamente povoada da Terra não esteja sendo levada a sério o suficiente, então designou o dia 30 de junho como Dia Internacional do Asteróide para consciencializar sobre a ocorrência potencialmente catastrófica.

Fonte: RT 

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...